07/06/2016
Bigodes do gato: tudo o que precisa de saber Bigodes do gato: tudo o que precisa de saber

Os bigodes do gato são uma das suas imagens características e não são um mero acessório. Na verdade não se tratam de bigodes mas sim de pêlos especializados com capacidade sensorial.

O que são os bigodes do gato?
Os bigodes do gato, ou vibrissas, são prolongamentos de pêlos mais duros, alongados e profundos que os pêlos normais. Existem 12 pêlos organizados em 4 filas entre a boca e o nariz. A posição destes pêlos é única para cada gato. Também podem ser encontrados noutras partes do corpo em menor número.

Como funcionam os bigodes dos gatos?
Os bigodes servem para a transmissão de vibrações a órgãos sensoriais na sua base. Nesta existem neurônios sensitivos envolvidos numa capsula de sangue. O sangue amplifica o sinal permitindo detecção. O tecido muscular no folículo do pêlo permite orienta-lo.

Para que servem os bigodes dos gatos?
A função dos bigodes é detectar variações de pressão no ar. A pressão pode ser utilizada para detectar objetos ou presas, visto que o ar se desloca de forma distinta à volta de barreiras. Também podem ser utilizados para medir espaços pequenos por aprendizagem. Tudo isto são vantagens para um predador noturno. A posição dos bigodes é utilizada como forma de comunicação.

Posso cortar os bigodes ao gato?
A perda ou corte dos bigodes causa stress aos gatos. Estão habituados a utiliza-los como um sentido extra e a sua perda pode levar a situações perigosas.
O gato pode ficar preso ou cair quando salta por não conseguir avaliar a posição de objetos. O seu equilíbrio também é afetado. Os bigodes caem como o pêlo normal e crescem naturalmente no seu ciclo.

Comunicação pelos bigodes
Se o gato está em posição defensiva ou chateado vai puxar os bigodes para trás. Quando o gato está feliz, curioso ou contente, os bigodes estão relaxados e mais puxados para a frente.

Porque é que os bigodes mudaram de cor?
Os bigodes podem passar de escuros a claros com a idade. Durante o envelhecimento o pêlo torna-se mais cinzento, mas é difícil de avaliar a menos que o gato tenha uma cor escura.

Outras curiosidades sobre os bigodes
Os gatos Sphinx frequentemente não têm bigodes, a raça Rex tem bigodes curtos em caracol. Os maiores bigodes medem 19 centímetros e pertencem a um Maine Coon na Finlândia.
Se as taças da comida e da agua forem pequenas podem tocar nos bigodes. Isto poderá ser a causa do gato tirar a comida com a pata e preferir comer no chão. As vibrissas nas patas da frente são importantes quando o gato trepa e caça.


Fonte: http://omeuanimal.com/bigodes-gato-tudo-o-que-precisa-de-saber/